top of page
  • Desalinho

Melhores filmes assistidos em 2022



O cinema segue forte após o isolamento social. Seja no cinema, nas plataformas de streaming ou no aluguel, os filmes seguem sendo procurados (e lançados) com muita vontade.


A seguir, você confere quais foram os 15 melhores filmes assistidos neste ano (lançamentos ou não).


Aftersun (Charlotte Wells, 2022)

O filme de Charlotte Wells demora para engrenar, mas quando acontece, transforma e emociona o telespectador. Revisitando o passado, Sophie procura conhecer o pai amoroso da infância e quando foi o momento em que eles se distanciaram.


Argentina, 1985 (Santiago Mitre, 2022)

Depois de quatro anos de um governo fascista, que comemorava as torturas que Ustra causou, o filme "Argentina, 1985", de Santiago Mitre, dá o gás necessário aos brasileiros para continuarem lutando por um país melhor. A obra narra a história real dos promotores Julio Strassera e Luis Moreno Ocampo que chefiaram a investigação para levar militares à justiça pelos crimes cometidos durante a ditadura argentina.


Marte Um (Gabriel Martins, 2022)

Sensível do início ao fim, o filme de Gabriel Martins retrata a história de uma família mineira grega que busca seguir seus sonhos em um país que acaba de eleger um presidente de extrema-direita, que representa o contrário do que são e o que defendem. Existe vida após um fascista tomar o poder?


Accattone: Desajustado Social (Pier Paolo Pasolini, 1961)

O primeiro filme de Pier Paolo Pasolini gerou burburinho quando foi lançado; amado por uns e odiado por outros, o filme narra a história de Vittorio, um cafetão que leva uma vida marcada pela pobreza e o ócio. Explorando a namorada Madalena, Accattone passa os dias vagabundeando com os amigos, em busca de dinheiro, comida e bebida - uma vida fácil. No entanto, sua vida se transforma quando conhece Stella, uma jovem inocente. Por isso, Accattone busca uma nova vida para sustentá-la.


A Pior Pessoa do Mundo (Joachim Trier, 2022)

O filme de Joachim Trier faz um recorte sincero sobre a vida adulta: Julie tem dificuldades para escolher um caminho que consiga ser feliz.


Moonage Daydream (Brett Morgen, 2022)

Lançado este ano, a obra mistura vida e carreira musical de David Bowie. "Moonage Daydream" explora a jornada criativa, musical e espiritual do artista que revolucionou para sempre a arte.


A Filha Perdida (Maggie Gyllenhaal, 2021)

Baseado na obra de Elena Ferrante, "A Filha Perdida" retrata os desafios e diferenças da maternidade para cada mulher, de diferentes gerações. O filme também traz angústias, medos e a relação entre mãe e filha.


Meus Vizinhos, os Yamada (Isao Takahata, 2000)

O filme do Studio Ghibli apresenta a família Yamada e seus dilemas. Entre alegrias, descobertas, amores e brigas, o filme trata o dia a dia de três gerações diferentes com muito humor.


Encanto (Byron Howard, Jared Bush, 2021)

Inspirado em "Cem Anos de Solidão", de Gabriel García Márquez, o filme da Disney conta a história dos Madrigal, uma família que vive em uma casa mágica. Assim como o título, o filme encanta o telespectador de qualquer idade.


Vidas ao Vento (Hayao Miyazaki, 2014)

Enquanto tenta colocar seu sonho em prática, Jiro Horikoshi conhece Naoko, uma jovem encantadora por quem se apaixona. No entanto, a vida dos dois é transformada pela doença de Naoko.


Em Três Atos (Lúcia Murat, 2015)

Inspirado nos escritos de Simone de Beauvoir, o filme de Lúcia Murat aborda a juventude e a velhice através da dança e diálogos. Com Nathália Timberg, Andréa Beltrão, Angel Vianna e Maria Alice Poppe, "Em Três Atos" explora a fragilidade e as marcas do tempo em diferentes corpos.


Ciúme (Phillippe Garrel, 2014)

O filme de Phillippe Garrel aborda as expectativas e frustrações criadas (ou impostas) em relações. Qual o papel do ciúme nos relacionamentos amorosos? Por que quando a traição se concretiza e é vista por outras pessoas é mais dolorosa do que aquela que é feita no escuro? Um filme que questiona e vai além dos relacionamentos, "Ciúme" fala sobre pessoas.


Shiva Baby (Emma Seligman, 2021)

Escrito e dirigido por Emma Seligman, "Shiva Baby" é um filme de comédia, mas com toques de dramas que, inclusive, são expostos no início do shivá na presença do sugar daddy da protagonista. O filme é sobre descobertas, dinheiro, tentativa de ser uma adulta correta e, principalmente, perdas.


Cartas Para um Ladrão de Livros (Caio Cavechini e Carlos Juliano Barros, 2018)

Laéssio Rodrigues de Oliveira é considerado pelas autoridades o maior ladrão de livros raros no Brasil. Fã de Carmen Miranda, começou a furtar documentos verdadeiros quando era jovem - mais tarde, tornou-se em um especialista em livros raros e, consequentemente, o maior ladrão deles. No documentário, Laéssio explica o que o levou para esse "ramo".


Medida Provisória (Lázaro Ramos, 2022)

O filme de Lázaro Ramos apresenta um mundo distópico, mas muito parecido com a realidade. "Medida Provisória" narrados dias após o governo brasileiro decretar uma medida provisória, em uma iniciativa de reparação pelo passado escravocrata,ou seja, a população negra luta pelos direitos básicos.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page