top of page
  • Foto do escritorMichele Costa

Conheça: Lucas Higashi

Para mergulhar nas músicas de Lucas Higashi é necessário olhar atentamente para as capas que ilustram seus singles e EPs - as imagens complementam as letras melancólicas e poéticas. Assim, fica mais fácil de ser abatido pelo jovem músico que tem tanto a dizer. 


Em 2021, durante a pandemia de Covid-19, Lucas começou a compartilhar suas músicas na internet. Após apresentar "Garrafa de Vidro" e "Vitrine", seus primeiros singles, lançou Capítulos da Alvorada, o seu primeiro EP, que retrata os primeiros passos na vida adulta. Dois anos depois, surgiu Versículos da Madrugada, um álbum que narra os altos e baixos de uma juventude "atrasada".



Aos 22 anos, Lucas Higashi mostra as habilidades de um artista multimeios: além de compositor e cantor, ele também é diretor, cineasta e designer - por isso que suas canções são tão intensas, pois misturam diversas linguagens. A sonoridade também traz elementos do Japão, país que nasceu, mostrando que suas raízes permanecem presentes dentro dele. 


Na próxima quarta-feira, 7 de fevereiro, o músico compartilhará com o público sua nova música "Terra do Sol Poente". A faixa fará parte do terceiro EP que está sendo desenvolvido para a disciplina de Planejamentos e Produções em Multimeios, do curso de Comunicação e Multimeios, da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Sob orientação do professor Tiago Lenartovicz, "Terra do Sol Poente" celebra os avós de Lucas Higashi e as raízes que permitem que ele colha os frutos que o sustentam hoje. "É uma obra sobre investigar o passado para entender o presente, de como as cargas e heranças geracionais influenciam na vida que temos", explica. 

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page