• Desalinho

Box Julinto

Em comemoração aos 160 anos da escritora Júlia Lopes de Almeida, a Editora Vermelho Marinho, uma das mais importantes no segmento de obras clássicas, abriu um Catarse para lançar obras inéditas da escritora. O Box Julinto reúne 3 obras de Júlia e de seu marido, o também escritor Filinto de Almeida. É possível contribuir com o projeto até o dia 28 de setembro.


O box inclui três obras fundamentais do casal: o livro de contos “Ânsia Eterna”, de Júlia Lopes de Almeida, o romance de suspense “A Casa Verde”, do casal Julinto, e a homenagem “Dona Júlia”, livro que reúne os poemas que Filinto escreveu para a sua musa durante os quase 50 anos em que estiveram juntos, e publicou em tiragem limitada apenas para amigos.


Júlia e Filinto, conhecidos como o casal Julinto, foram alguns dos idealizadores e fundadores da Academia Brasileira de Letras. Os saraus que organizavam eram frequentados por autores como Aluísio Azevedo, Machado de Assis, Olavo Bilac, Valentim Magalhães, Artur Azevedo, Lúcio de Mendonça e outros notáveis que foram os primeiros membros da ABL.


A coleção tem apresentação da professora e doutora Anna Faedrich, uma das maiores pesquisadoras da obra de Júlia e da literatura de autoria feminina brasileira. “Ânsia Eterna” tem prefácio da historiadora e professora Gabriela Trevisan, autora de “A Escrita Feminista em Júlia Lopes de Almeida”, “Dona Júlia” tem prefácio do neto da autora, Cláudio Lopes de Almeida, e “A Casa Verde” tem apresentação conjunta da graduanda em letras Nathalia Kimberly e Anna Faedrich, além da crônica “Um Lar de Artistas”, escrita por João do Rio depois de uma visita ao casal na famosa casa de Santa Teresa.


Para apoiar o projeto, clique aqui.


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo