top of page
  • Foto do escritorMichele Costa

Show: Amar e Mudar as Coisas

Amar e mudar as coisas é um dos versos mais famosos da música brasileira. Aliás, a canção dá nome ao espetáculo que Marisa Orth, Karina Buhr e Taciana Barros apresentam há um bom tempo. Nele, as artistas intercalam entradas biográficas e literárias com os clássicos de Belchior, além dos trechos da biografia "Belchior: Apenas um Rapaz Latino-Americano" (Todavia, 2017), escrito por Jotabê Medeiros.


O show surgiu para acompanhar o lançamento do livro, ou seja, não tinha intenção de viajar pelo Brasil. No início, "Amar e Mudar as Coisas" era composto por Taciana, Karina e Ana Cañas. Com a saída de Ana, Marisa entra no trio para substituí-la.


amar e mudar as coisas

Vestindo macacões jeans, as mulheres subiram ao palco do Bona no sábado, 9. Aplausos e gritos invadiram o local. Marisa olha para uma mesa e pede calma ao pessoal que está sentado (mais tarde, descobrimos que são suas fãs). Os músicos Igor Brasil (guitarra, violão de aço e nylon) e Zéli Silva (baixo acústico), que as acompanham, também estão vestindo macacões, mas na cor preta. Após se acomodarem, o show inicia.


Marisa, responsável pelas músicas eternizadas na voz de Elis Regina, canta "Como Nossos Pais", passando emoção com sua voz potente. Em seguida, é a vez de Karina. Seu sotaque se mistura com sua graça, entregando uma linda apresentação de "A Palo Seco". Taciana é uma musicista de mão cheia, que intercala entre guitarra, piano e violão de aço. Não é preciso muito tempo para ver a combinação perfeita entre as três mulheres.


Apresentando novos solos, rifles e detalhes marcantes, o trio dá uma nova roupagem às canções de Belchior, como é o caso de "Velha Roupa Colorida", "Divina Comédia Humana", "Apenas um Rapaz Latino-Americano" e "Paralelas". Assim como um espetáculo de teatro, Marisa, Karina e Taciana utilizam o palco por completo, indo além das cadeiras - mudando as coisas de lugares.


Morto em 2017, o rapaz latino-americano continua vivo, inspirando diversas gerações. Dessa maneira, "Amar e Mudar as Coisas" é uma das mais variadas maneiras de manter o legado do trovador cearense.


amar e mudar as coisas

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page