• Michele Costa

16° CineOP - Mostra de Cinema de Ouro Preto

Estruturada a partir de três frentes temáticas - Preservação, Histórica e Educação -, a 16° CineOP - Mostra de Cinema de Ouro Preto já tem data para acontecer: entre os dias 23 e 28 de junho. A Mostra, online e gratuita, contará com 118 filmes, debates, masterclasses, rodas de conversas, atrações artísticas e várias outras atividades.


Sob o tema central "Memórias Entre Diferentes Tempos", a 16° CineOP discute o impacto dos anos 1990 no audiovisual brasileiro, reflete sobre a educação na pandemia e constitui a trajetória da preservação do analógico ao digital. Serão exibidos 118 filmes em pré-estreias e mostras temáticas (32 longas, 6 médias e 80 curtas-metragens) de quatro países e de 14 estados brasileiros, distribuídos em oito temas: "Contemporânea", "Homenagem", "Preservação", "Histórica", "Educação", "Mostrinha", "Valores" e "Cine-Escola".


Essa edição conta com uma novidade: a exposição fotográfica virtual "Meu Cartão Postal de Ouro Preto", que conta com 30 fotografias de pessoas que participaram da ação promocional realizada pela Universo Produção.



Além do cinema, de 24 a 28 de junho, o público poderá curtir as apresentações de Regina Souza e Sérgio Pererê, Maurício Tizumba e Everton Coroné, Zélia Duncan e Flávio Venturini. Os shows serão transmitidos pelo site da 16° CineOP e pelo canal do Youtube do Sesc em Minas Gerais.


Chico Diaz é o homenageado da 16° CineOP - Mostra de Cinema de Ouro Preto

Chico Diaz é um dos principais nomes da dramaturgia brasileira no cinema, teatro e televisão. Ao fazer parte de um projeto artístico, Diaz mergulha no personagem, entregando-se por completo, causando diversas reações no telespectador.


A abertura oficial acontece no dia 23, às 20h, e começa com uma performance audiovisual que apresenta a temática central do evento. Em seguida, vem a entrega do Troféu Vila Rica; seguindo do debate “O Percurso de Chico Diaz em Quatro Décadas”, com o curador Francis Vogner dos Reis, sob mediação da jornalista Simone Zuccolotto, para tratar das diferenças de processos de criação e de modos de produção entre os distintos momentos históricos da carreira do profissional.


Depois, será exibida a pré-estreia do longa-metragem “O Ano da Morte de Ricardo Reis”, do diretor português João Botelho, com Diaz no elenco.


Para conferir a programação completa da 16° CineOP - Mostra de Cinema de Ouro Preto, acesse: http://cineop.com.br/


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo