A Exposição da Paulista - Feminino Plural, realizada em meio na Av. Paulista no primeiro semestre deste ano, em iniciativa da União Geral dos Trabalhadores - UGT, ganhou uma extensão e está ocupando a Praça da República, ao redor da Escola Estadual Caetano de Campo até o dia 17 de agosto. A exposição traz 28 obras das artistas Criola, mulher negra que traz a influência das matrizes africanas em suas obras, e Claudia Liz, artista multimídia. A ação é da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, coordenada pela Secretaria de Organização e Políticas Sindicais da UGT e pela Maná Produções, Comunicações e Eventos, criadora da série, com coordenação artística de Mônica Mais e Fernando Costa Netto (DOC Galeria), com o suporte da vereadora Sandra Santana (PSDB/SP) e curadoria da jornalista e consultora de moda, Lilian Pacce. (Crédito: Divulgação/Reprodução) Nesta nova ação, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo traz uma alternativa para quem busca uma oportunidade de trabalho e qualificação profissional por meio do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CATE): é possível se inscrever nas quatro unidades móveis durante o período da exposição. Os cursos, gratuitos, foram desenvolvidos pela Fundação Paulistana, entidade vinculada à Secretaria, com doação de conteúdos de dezenas de empresas e instituições parceiras, e abrangem áreas com demanda no mercado, como tecnologia, gastronomia, saúde e bem-estar, meio ambiente e sustentabilidade, economia criativa e muito mais. Serviço - Exposição da Paulista-Feminino Plural Data: 05 a 17 de agosto
Artistas: Criola e Claudia Liz
Curadoria: Lilian Pacce
Realização: União Geral dos Trabalhadores (UGT)

Feminino Plural