top of page
  • Foto do escritorMichele Costa

Conheça: Sangra D’Água

Conhecida por ser uma planta que floresce em dezembro até junho, a Sangra D’Água ganhou um novo significado: uma banda que passeia pelo R&B, blues, shoegaze e stoner. Enquanto a planta cura feridas, a banda dialoga sobre as fases do relacionamento. 


Formado por Raul Freitas (vocal e guitarra), Lucas Romão Abreu (backing vocal e baixo), Mariana Barros (teclado) e Adriano Abreu (bateria), o grupo surgiu em março de 2023 e, agora, um ano depois da sua criação, Sangra D’água apresenta Desenlace, o primeiro EP. Com quatro faixas, a banda goiana narra os desequilíbrios de um relacionamento enquanto apresenta sua identidade sonora.


"Bem", a primeira faixa do álbum, mistura rock com blues para embalar a fase ardente da paixão. Já "Rosa" é a fase mais racional da relação, em que é possível enxergar os problemas sem a idealização do par. "Piquenique" possui timbres sombrios e decreta o término deste amor avassalador. "Cinzas", a última canção, coloca o ponto final na relação, mas também traz a desilusão de um amor que não durou.



Desenlace foi feito pelos próprios membros da Sangra D’Água, ou seja, a própria banda se encarrega de todos os processos de produção. As gravações foram feitas nas respectivas casas de cada integrante, a mix e master é do baixista Lucas e a capa foi feita por Mariana. 


Após o lançamento, Sangra D’Água planeja levar suas flores pelo Brasil, assim como desenvolver novos trabalhos no segundo semestre. 

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page