• Michele Costa

Dia Mundial da Língua Portuguesa

Estabelecida em 2009 pela Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), organização intergovernamental, e parceira da UNESCO, o Dia Mundial da Língua Portuguesa estabeleceu o dia 5 de maio para comemorar os países que falam a língua portuguesa. Segundo a Agência Brasil, somam mais de 260 milhões de falantes portugueses espalhados em nove países que têm o idioma como língua oficial.


Para comemorar a data, o Fórum das Letras + Camões (Centro Cultural Portugês em Brasília e a Câmara Brasileira do Livro, CBL) e o Museu da Língua Portuguesa prepararam uma programação especial para debater e aprender sobre a história e os problemas culturais que continuam presentes na língua portuguesa. Confira a programação completa dos eventos abaixo:


Fórum das Letras + Camões

Nos dias 5, 6 e 7 de maio, o Fórum das Letras celebra, juntamente com o Camões - Centro Cultural Português em Brasília e a Câmara Brasileira do Livro (CBL), apresenta uma programação rica voltada para a discussão dos problemas culturais que são passados hoje em dia, durante a pandemia mundial do coronavírus.


O evento busca promover a valorização da identidade, da diversidade e da literatura produzida, principalmente, pelos países de língua portuguesa. Serão realizados três debates com a participação de importantes nomes da literatura brasileira e portuguesa, sendo transmitida pelo canal no Youtube do Fórum das Letras.


Conheça a programação:

05/05, às 11h - Mesa 1: “A Pandemia e Outros Desafios da Contemporaneidade Para a União Entre os Países da Língua Portuguesa”

Convidados: Paulo Markun (Brasil), Rui Tavares (Portugal) e Jorge Ferrão (Moçambique) Mediação de Francis Manzoni (Coordenador da Comissão para Promoção de Conteúdo em Língua Portuguesa da Câmara Brasileira do Livro)


06/05, às 11 - Mesa 2: “Como Publicar e Divulgar um Livro nos Países de Língua Portuguesa?”

Convidados: Elisa Lucinda (Brasil), Filinto Eliseo (Cabo Verde) e Tito Couto (Portugal) Mediação: Mônica Gama (Universidade Federal de Ouro Preto)


07/05, às 11 - Mesa 3: “A Mutação dos Festivais Literários na Era Digital”

Convidados: José Pinho (FOLIO - Festival Literário Internacional de Óbidos - Portugal), Amosse Mucavele (Festa Literária Templos de Escrita - Moçambique) e Guiomar de Grammont (Fórum das Letras da UFOP - Brasil) Mediação: Leonardo Neto (Publishnews)




Museu da Língua Portuguesa

Entre os dias 3 a 7 de maio, o Museu da Língua Portuguesa preparou uma programação diversa, contendo debates, shows, exposições e poesia. Este ano, o evento será híbrido, ou seja, online e também presencial, com a exposição temporária “Língua Solta”, para 160 pessoas, 10 pessoas de cada vez, com acesso mediante emissão antecipada de ingressos disponíveis no site da Sympla.


Conheça a programação:

03/05 - Abertura ao vivo, às 19h

Com: Nuno Rebelo de Souza (EDP), Paulo Jorge Nascimento (Cônsul-geral Portugal), José Pedro Chantre D’Oliveira (Embaixador da República de Cabo Verde no Brasil), Larissa Graça (FRM) e Francisco Ribeiro Telles (secretário executivo CPLP)

Mediação: Renata Motta


19h30 - “Meu Bairro, Minha Língua”

Pré-lançamento do videoclipe da música “Meu Bairro, Minha Língua”, que propõe em seus versos a redescoberta de nossas raízes, heranças culturais e relações históricas por artistas de Portugal, Brasil e Cabo Verde.

Em seguida, o compositor Vinicius Terra conversa com Dino D’Santiago, Linn da Quebrada e Sara Correia.


04/05 - “O Museu da Língua Portuguesa hoje”, às 19h - ao vivo

Os curadores Isa Grinspum e Hugo Barreto apresentam e conversam sobre a exposição de longa duração do Museu da Língua Portuguesa - o que mudou e o que permaneceu após a reconstrução.

Mediação: Marília Bonas


19h30 - “Praça da Língua”

O compositor e pesquisador José Miguel Wisnik apresenta uma aula sobre algumas referências literárias e musicais presentes no espaço Praça da Língua, uma das salas preferidas do público no Museu da Língua Portuguesa.


05/05 - Dia da Língua Portuguesa

Ao longo de todo dia, a data contará com programação online nas redes do Museu da Língua Portuguesa com o ator e MC Eugenio Lima.


11h - “Nós da Língua Portuguesa do Mundo” Debate entre escritores de diferentes países de língua portuguesa sobre o idioma que continua se reinventando.

Convidados: Mia Couto (Moçambique), José Eduardo Agualusa (Angola) e Inês Pedrosa (Portugal)

Mediação: Roberto Pinho


“Eu de Cá e Tu de Lá” - Pílula - durante todo dia

Exibição de vídeos de brincadeiras com palavras do Brasil, Cabo Verde e Moçambique


13h - “Bailão das Letras: O Funk e a Literatura” ao vivo

Criadores de conteúdo no Instagram desafiam os preconceitos contra o funk e mostram sua relação com a literatura no dia a dia.

Convidados: Funkeiros Cults (Dayrel Teixeira), Se Poema Fosse Funk (Murilo Lense) e Favela Business (Jeferson Delgado)

Mediação: Andreza Delgado (PerifaCon)


15h - “As Línguas do Brasil” ao vivo

Os escritores Geovani Martins e Amora Moira, junto com a pesquisadora e curadora de literatura indígena Julie Dorrico, falam sobre as variedades, influências e resistências expressas nos falares brasileiros.

Mediação: Marcelino Freire


17h - “Língua Solta” ao vivo

Os curadores Moacir dos Anjos e Fabiana Moraes apresentam a exposição temporária “Língua Solta”, criada para a reabertura do Museu da Língua Portuguesa.


17h10 - Performance de Tom Zé

O cantor e compositor Tom Zé realiza uma performance criada com exclusividade a partir do seu olhar sobre a exposição “Língua Solta”.


18h - Maria Bethânia lê “Os Argonautas”

Encerramento institucional, com Marília Bonas, diretora técnica do museu. Para encerrar a programação, em vídeo gravado, a cantora Maria Bethânia lê o poema de Fernando Pessoa marcado pelos versos: “Navegar é preciso / Viver não é preciso”.


Visita especial para exposição “Língua Solta”

De 4 a 7 de maio, nos horários: 9h30, 10h30, 14h30 e 15h30

Lotação: 10 pessoas por vez

Classificação indicativa: 12 anos

Emissão dos ingressos: Sympla

Posts recentes

Ver tudo